Saturday, July 08, 2006

A IMITAÇÃO DO AMANHECER


Toda a obra de Bruno Tolentino é uma busca pelo ponto de equilíbrio, o ponto em que o instante e o movimento se tocam, mas nunca se encontram definitivamente. “A Imitação do Amanhecer” não é exceção. Se nos livros anteriores Tolentino mostrava todos os lados desta busca, agora temos em mãos a dramatização da impossibilidade deste equilíbrio e sua impertinente recusa, já diagnosticada em “O mundo como Idéia” (2002). Quatro anos depois, o poeta retorna com uma história, meditada durante duas décadas, sobre as cidades cicatrizadas na alma, representadas numa Alexandria que assombra a memória de um narrador incapaz de se libertar do seu passado e aceitar um amanhecer tecido por epifanias.

A epifania é o eixo temático para compreender a experiência radical da leitura de “A Imitação do Amanhecer”. Composta por 538 sonetos alexandrinos, esta odisséia de instantes apenas vislumbrados provoca a sensação de que há algo além do cosmos quase caótico onde vivemos. Eles são apreendidos numa velocidade alucinante pela melodia dos versos; o pensamento é modelado em uma lírica que se movimenta em giros sinfônicos dignos de Sibelius; e o rigor da linguagem é um artifício para intensificar a plasticidade das imagens, permitindo ao leitor que tenha acesso à mesma luz da qual o cervo da Lapônia (emblema de um momento capital do livro) se despede com altivez assustadora.

Isso não significa que se apresenta um alívio para a precariedade humana. Pelo contrário: Tolentino perturba ainda mais ao refletir sobre a incompetência da criatura em respeitar as epifanias. As conseqüências disso são perturbadoras e, entre elas, o infecundo e o estéril são somente algumas das alternativas. Mas deve-se desistir? Eis a grandeza da poesia de Tolentino: o triunfo, se há algum, está na tentativa - e as epifanias, os instantes que devemos tratar com carinho, são as ruínas onde se abriga a alegria dos náufragos. Aceitar este fato não se trata de um problema moral; é principalmente uma questão de sobrevivência.

O poeta faz o seu personagem caminhar por uma Alexandria real e mítica, irmã do iceberg imaginário que seduz a civilização ocidental até hoje. Ela abriga as ruas da desolação e as vielas do desejo que, por não compreenderem as exigências de uma epifania, nos transforma em moscas na redoma – e onde, apesar do aviso de Tolentino, queremos continuar presos. Impotentes entre o êxtase dos versos e a quietude do fim, tudo depende de como entendemos o silêncio que nos envolve, como bem disse Lawrence Durrell, outro amante da cidade-peste que une o Ocidente e o Oriente. Substituir a imitação que se debate contra o instantâneo do real pelo verdadeiro amanhecer – este é o dever de quem atravessar as páginas deste livro ímpar na poesia brasileira.

5 Comments:

Blogger Breno Nunes said...

Ah, inclusive, MVC, eu consegui, há algum tempo atrás, comprar a edição original de 79 do "About the Hunt", em estado absolutamente perfeito, em um sebo virtual (mas era unidade única, então pode esquecer... hehe...). Os poemas que constam ali são os mesmos de "O mundo como Idéia", exceto por "For John Heath-Stubbs" (I-II) e o "Hart Crane (And Others)". Por outro lado, existem alguns em OMCI que não existem no ATH. O lado bom é que não existem erros gramaticais na edição original (algo que foi realmente lamentável...). Um dia lhe mostro, se você ainda não tiver visto... Abraço! ;) Breno Nunes

11:18 AM  
Blogger mmjiaxin said...

mulberry uk
the north face outlet
michael kors outlet
san francisco 49ers
philadelphia eagles
oakley sunglasses
ralph lauren polo
longchamp handbags
michael kors outlet online
michael kors outlet sale
mlb jerseys
air max shoes
ray ban,rayban,occhiali ray ban,ray-ban,ray ban occhiali,ray ban sunglasses
new york knicks
abercrombie and fitch
mlb jerseys
canada goose coats
mulberry outlet store
giuseppe zanotti outlet
polo shirts
mm1124

5:39 PM  
Blogger chenlina said...

chenlina20160414
ray ban wayfarer
nike roshe runs
coach outlet
instyler max
oakley sunglasses
coach outlet
coach factory outlet
michael kors handbags
nike air max
michael kors uk
gucci handbags
ralph lauren uk
kate spade
louis vuitton handbags
asics outlet
timberland outlet
ray ban sunglasses
nike air max 90
oakley sunglasses outlet
kobe 11
ray ban sunglasses
hollister outlet
ed hardy clothing
michael kors outlet store
toms shoes
tiffany and co
jordan 11 concord
michael kors purses
coach factory outlet
kobe bryant shoes
ralph lauren polo
nike outlet
jordan 4 toro
louis vuitton outlet
kate spade handbags
coach outlet
jordan retro 11
nike roshe run
oakley outlet
coach outlet
as

7:31 PM  
Blogger chenlina said...

chenlina20160414
fitflops sale clearance
michael kors outlet
fitflop sandals
ray ban sunglasses
tod's shoes
louis vuitton purses
coach factory outlet
polo ralph lauren
ralph lauren outlet
louis vuitton outlet
michael kors outlet clearance
marc jacobs handbags
louis vuitton outlet
replica rolex watches
ray ban sunglasses
air force 1
ghd hair straighteners
coach factorty outlet online
coach outlet
mont blanc
abercrombie and fitch new york
michael kors outlet online
basketball shoes
louis vuitton handbags
nike huarache
tory burch handbags
gucci outlet
louis vuitton handbags
nike trainers uk
michael kors outlet
burberry outlet
michael kors handbags
michael kors outlet online
air max 90
coach factorty outlet
louis vuitton outlet
insanity workout
rolex submariner
michael kors outlet
adidas superstar
as

7:32 PM  
Blogger alice asd said...

coach handbags
nike huarache
adidas nmd
oakley sunglasses
cheap oakley sunglasses
oakland raiders jerseys
michael kors outlet
ugg boots
michael kors handbags
ugg boots
20170415alice0589

2:25 AM  

Post a Comment

<< Home